PALETES CIRCULANTES / INTERCAMBIÁVEIS

Desde o inicio, começo dos anos 50 (século 20) entre a França e a Alemanha, o Palete incorporou o conceito da intercambiabilidade, sendo por isso, necessário que os produtos tivessem as mesmas especificações técnicas e rígidos controles de qualidade. O primeiro padrão ficou conhecido como EUR (800 x 1.200), também chamado ISO-1, e posteriormente com o aumento do comércio com a Inglaterra (que havia adotado a medida da 1.000 x 1.200) também conhecido como ISO-2.

Com a unificação europeia os países foram introduzidos no sistema intercambiável, e no inicio dos anos 90 (Século 20) foi criada a EPA – European Pallet Association cujas especificações são obedecidas rigidamente pela empresas e pela EPP – Europen Pallet Pool.

Em decorrência dos estudos e pesquisas realizados pelo especialista JG Vantine, em muitos países, verificou que o modelo usado nos EUA (tipo longarina 60%) não seria a referencia para a criação de um modelo padronizado para o Brasil, já no final dos anos 80 (Século 20) entrando na era da mecanização.

Com larga experiência internacional na área de Logística e Produtividade, JG Vantine organizou um grupo de profissionais de varias empresas e por 2 anos comandou estudos e projetos, sendo então criado o modelo do Palete Intercambiável Brasileiro, batizado por ele de “PBR”, virando referencia modular e geométrica (1.000 x 1.200, tipo bloco, face simples e 4 entradas com resistência nominal de 1.200 kg).

A partir dai o mercado foi adequando as embalagens gerando “UPC – Unidade Padrão de Carga”, as transportadoras padronizando as carrocerias e ate mesmo as construtoras uniformizaram os projetos de galpões para Centrais de Distribuição.

Infelizmente, ao contrário da Europa, o projeto original de responsabilidade de JG Vantine foi sendo substituído por produtos fora das especificações (medidas menores dos componentes, madeiras de segunda qualidade), trazendo com isso um mercado paralelo sem controle de qualidade e em consequência oferecendo elevado grau de risco de acidente para os funcionários e especialmente consumidores que transitam nas grandes lojas de supermercados conhecidas como “Atacarejos”.

TOP

CASO QUEIRA O ARQUIVO EM FORMATO PDF, DEVERÁ SOLICITAR VIA FORMULÁRIO DE CONTATO.

CASO QUEIRA O ARQUIVO EM FORMATO PDF, DEVERÁ SOLICITAR VIA FORMULÁRIO DE CONTATO.

CASO QUEIRA O ARQUIVO EM FORMATO PDF, DEVERÁ SOLICITAR VIA FORMULÁRIO DE CONTATO.

CASO QUEIRA O ARQUIVO EM FORMATO PDF, DEVERÁ SOLICITAR VIA FORMULÁRIO DE CONTATO.